• Responda à pergunta do dia e concorra a prêmios - Clique Aqui

‘Castelinho’, em Santos, passa a se chamar Espaço Cultural Gilberto Mendes

O local recebe quase 1 mil alunos dos cursos do programa de cursos gratuitos da Secult, o Fábrica Cultural, e da Escola Livre de Dança, e também funciona como sede da Biblioteca de Artes Cândido Portinari e da Galeria de Arte Mário Gruber.

Gilberto Mendes, maestro, compositor e diretor artístico, será homenageado hoje (quinta-feira, 19/04), em Santos. Um espaço cultural que reúne centenas de pessoas em contato com a música, dança, artes plásticas, visuais e literatura, receberá o nome dele. O lançamento do Espaço Cultural Maestro Gilberto Mendes acontece às 19h, no Bloco C do Centro de Atividades Integradas de Santos (Cais) Professor Milton Teixeira, chamado pelos frequentadores de “castelinho”. O local recebe quase 1 mil alunos dos cursos do programa de cursos gratuitos da Secult, o Fábrica Cultural, e da Escola Livre de Dança, e também funciona como sede da Biblioteca de Artes Cândido Portinari e da Galeria de Arte Mário Gruber.

A programação começa com o poeta Flávio Viegas Amoreira, que vai ler um texto literário em homenagem ao maestro. Depois, haverá apresentações do Balé da Cidade de Santos e do pianista Antonio Eduardo, que executará obras de Gilberto Mendes. As apresentações continuam o Coral Municipal de Santos e do Coral Santista de Servidores. A Banda Marcial de Cubatão, regida pelo maestro Alexandre Felipe Gomes, executa clássicos trilhas sonoras de filmes apreciados pelo artista.

O público também poderá curtir as intervenções do ator Bruno Frachia, que personifica a figura do maestro, a exposição de reproduções de obras de Gilberto Mendes e algumas peças do acervo pessoal do músico. Amantes da música e estudantes poderão trocar partituras durante a edição especial do Projeto Leia Santos.

Nascido em Santos em 1922, Gilberto Mendes foi fundador, diretor artístico e programador do Festival Música Nova de 1962 a 2010, em Santos, a mais antiga e importante mostra internacional de música contemporânea da América Latina. Desde 2012, o festival é realizado em Ribeirão Preto, onde recebeu o nome de Festival Música Nova Gilberto Mendes. Em 2004, o maestro foi contemplado com a insígnia e diploma de sua admissão na Ordem do Mérito Cultural, na classe de comendador, do Ministério da Cultura. Era membro honorário da Academia Brasileira de Música e do Colégio de Compositores Latino-Americanos de Música de Arte, com sede no México. Gilberto Mendes faleceu em 1o de janeiro de 2016, aos 93 anos.

Postagem original. Data original: 19-04-2018.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Entrar






Cadastre-se
Esqueceu sua senha?

Cadastre-se