• Responda à pergunta do dia e concorra a prêmios - Clique Aqui

Começa a construção de prédio da Faculdade de Medicina de Cubatão

O Centro Universitário São Judas (campus Unimonte) iniciou na segunda-feira (14) a construção do prédio de cinco andares da futura Faculdade de Medicina de Cubatão, dois deles destinados à nova Policlínica da Prefeitura, na Avenida Martins Fontes, 130, Vila Nova, atrás do Pronto Socorro Municipal e do Hospital Municipal.  O centro, pertencente ao Grupo Ânima Educação, vai investir cerca de R$ 11 milhões na edificação, entregando à Prefeitura parte de dois andares do imóvel para a instalação da policlínica como contrapartida à doação da área. No local será instalado um Ambulatório Médico de Especialidades (AME) do município.

Todo o conjunto ficará pronto até novembro do próximo ano. Mas o centro universitário pretende realizar ainda no segundo semestre deste ano um vestibular de ingresso aos 50 vagas a serem inicialmente oferecidas, segundo Adalto Corrêa de Souza Júnior, vice-reitor do centro (campus Unimonte). Os alunos começariam as aulas possivelmente em uma unidade escolar em Cubatão ou na Unimonte, em Santos, até a conclusão das obras e de equipamentos no novo prédio.

As vagas a serem abertas no vestibular foram definidas 50 pelo Ministério de Educação (MEC) dentro do Projeto Mais Médicos, em 37 municípios brasileiros. Segundo Adalto há mercado para novos estudantes de Medicina tanto no município e região como no Estado.“O vestibular vai atrair jovens de todo o País. E a faculdade de Medicina vai contribuir para mudanças na cidade e no comércio, dando outra dinâmica à região”.

O vice-reitor esclareceu também que nunca existiu nenhuma pendência judicial em relação à concessão federal obtida pelo Grupo Anima para a instalação da faculdade de Medicina em Cubatão. O que houve foi um questionamento administrativo e judicial de outro grupo, não em relação ao Centro Universitário São Judas, mas diretamente ao MEC, sobre critérios da concessão. Essa pendência já foi resolvida pelo MEC. Cubatense, ex-secretário municipal de Planejamento, Adalto considera que a instalação da faculdade, uma aspiração que Cubatão alimenta desde a década de 1980. “é agora um sonho realizado”.

A Faculdade de Medicina vai preparar médicos para residência no Hospital Municipal, hoje administrado pela Fundação São Francisco Xavier. “Estamos hoje consolidando um grande feito. Esse passo hoje vai se revelar um grande legado para a população de nossa cidade”, avaliou o prefeito Ademário Oliveira. O vice-presidente do Grupo Ânima, Marcelo Batista Bueno, destacou o processo de transformação que ocorre em cidades que sediam centros universitários. O presidente da Câmara dos Vereadores, Rodrigo Alemão, destacou o impacto da chegada do curso de Medicina, que será sentido também no comércio e no desenvolvimento da cidade. “É um sonho da cidade que é realizado”. Participaram do ato vereadores e dirigentes industriais, entre eles Valdir Caobianco e Valmir Ruiz, respectivamente diretor e gerente do Cide-Ciesp em Cubatão.

Postagem original Data: 14-05-2018

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Entrar






Cadastre-se
Esqueceu sua senha?

Cadastre-se