• Responda à pergunta do dia e concorra a prêmios - Clique Aqui

Bastidor Político: comerciantes denunciam mega-quiosque de 750m2. Prefeitura diz que maior tem 365m2.

Bastidor Político, as novidades da Política em Guarujá e Litoral

Mega-quiosques

Após denúncias de comerciantes sobre “concorrência desleal” de grandes quiosques-restaurantes na cidade (contra os pequenos eles não denunciaram nada), nossa reportagem entrou em contato com a PMG para saber dados oficiais. Os comerciantes denunciam que há um mega-quiosque-restaurante em Pitangueiras que ocuparia área frente para o mar de 750 m².

Mega-quiosques 1

A prefeitura, em nota oficial, informa que na “Praia das Pitangueiras (os quiosques possuem) de 31,50 metros a 365,50 metros”. Questionada se fiscaliza a metragem real no local com os dados do setor, a resposta foi: “A Prefeitura informa que faz o devido acompanhamento quanto a essa regularidade dos tributos, e que esses estabelecimentos pagam as taxas conforme sua ocupação por metro quadrado”.

Mega-quiosques 2

Os números da denúncia dos comerciantes (quiosque com 750 m² em Pitangueiras) não batem com os dados oficiais da Prefeitura que apontam o maior quiosque de Pitangueiras com 365 m². O número denunciado é quase o dobro. Quem está com a razão?

Mega-quiosques 3

A PMG informa ainda que “Os quiosqueiros das praias do Guaiúba, Astúrias e Pitangueiras não pagam IPTU. No entanto, contribuem com taxa do mobiliário fiscal, que pode variar de R$ 604 até R$ 35.500 (por ano), por exemplo, além de publicidade, cujo valor não há como mensurar a margem”. Então, o maior quiosque-restaurante em Pitangueiras pagaria menos de três mil reais por mês. Estando os denunciantes corretos o quiosque-restaurante de 750 m² deveria pagar o dobro da taxa. Ou não?

Benzi no PR?

O site do Jornal da Cidade divulgou em primeira mão a desfiliação do secretário de Desenvolvimento Econômico e Portuário, Gilberto Benzi, do PSDB. Agora o ex-vereador procura um novo ninho. O PR é a primeira opção disparada. Fala-se até que ele já teria se filiado ao partido. Se será candidato a federal ou estadual, o político diz que “nem às paredes confesso”.

Linha de corte

Assessores de Benzi calculam que a linha de corte do PR, para estadual, seja a mais vantajosa. Estaria entre 35 e 40 mil votos. Outros influentes nomes da política local também estão de olho no PR.

Edna Suman

Pelo menos até o fechamento dessa edição, o grupo político que apoia a pré-candidatura à deputada estadual de Edna Suman apostava numa filiação da primeira-dama ao PSL. A linha de corte é o principal atrativo do partido que deve ter Jair Bolsonaro candidato à presidência.

Apoio federal

Filiando-se ao PSL, Edna terá o apoio do ex-vereador e candidato a deputado federal Júnior Bozzella, do PSL, que possui penetração em todas as cidades do Litoral e na última eleição teve cerca de 50 mil votos. Bozzella conversou pessoalmente com o prefeito Válter Suman, do PSB.

Grupo teme

Óbvio que a campanha da primeira-dama terá várias dobradas para federal, além de Bozzella. O que o grupo político da primeira-dama teme, entretanto, é uma proximidade demasiada com o deputado federal Marcelo Squassoni, do PRB. Motivo: ele estaria muito queimado com a população de Guarujá e Vicente de Carvalho pela ausência da cidade e por promessas não cumpridas, especialmente a construção de um hospital público para Itapema.

Clareamento

O cenário político deve clarear um pouco mais já a partir do dia 7 de abril, data final para filiações, troca de partido, afastamento de cargos públicos (secretários, ministros). Os que pedirem para sair, com certeza, serão candidatos.

Simples assim

Apesar de as convenções partidárias só ocorrerem no final de julho e início de agosto, muito antes disso já será possível saber se determinado político será candidato a estadual ou federal. É simples: se fulano é candidato e está fechando com federal, é porque será candidato a estadual. E vice-versa.

Sem brigas

Os que apostam num rompimento entre Benzi e Suman não devem ganhar. Eles têm conversado bastante. Analistas políticos imaginam que, o máximo que pode acontecer entre os dois seria um “estremecimento eleitoral momentâneo”. Um rompimento total, agora, seria ruim politicamente para ambos. Após as eleições, as urnas guiarão a relação dos dois.

Poupatempo

A unidade do Poupatempo de Guarujá, em Vicente de Carvalho, é bem avaliada pela população. São raríssimas as reclamações contra o órgão. O diretor de serviços municipais e o administrador geral do Poupatempo, respectivamente, Pastor Teotônio e Claussem Médici, juntamente com outros coordenadores e equipes se empenham para esse bom resultado. Bom para a população.

França x Dória

Pelo menos antes do início da campanha para o governo do Estado-SP, a polarização de polêmicas na imprensa está entre o vice-governador (governador a partir de abril) Márcio França, do PSB, e o ainda prefeito João Dória, do PSDB. França já acusou Dória de não ter palavra por abandonar os eleitores que votaram nele para prefeito de São Paulo.

Maquetes

Ainda desconhecido do grande público, para reverter esse quadro, França aposta na projeção que terá ao assumir o governo do estado com a saída de Alckmin para a candidatura à presidência. O PSDB governa o Estado há décadas e, para o Litoral, não conseguiu fazer uma simples ponte entre Guarujá e Santos. Mas inaugurou várias maquetes e gastou muito dinheiro com “projetos”.

Carina & Leci

Nos bastidores fala-se que a pré-candidata a deputada estadual Carina Vitral, do PC do B, possui boa penetração na secretaria de Meio Ambiente. Já a deputada estadual Leci Brandão, também do PC do B, tem boa entrada na Cultura.

Procon

Em entrevista na TV, o diretor do Procon de Guarujá, Beto Feijó, agradeceu o empenho da equipe no atendimento aos consumidores. No mês do consumidor, Feijó e equipe, além de orientações e multas para empresas, distribuiram ao público cartilhas com orientação financeira e de direito dos idosos.

Postagem original. Data original: 23/03/2018

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

Entrar






Cadastre-se
Esqueceu sua senha?

Cadastre-se