• Responda à pergunta do dia e concorra a prêmios - Clique Aqui

Excesso de caminhões pesados danifica calçamento de rua em São Vicente, SP

Quem mora na Rua Doutor Emílio Carlos, no bairro Vila Cascatinha, em São Vicente, no litoral de São Paulo, não sabe mais o que fazer com o tráfego de caminhões pesados na via. Os veículos têm causado estragos no calçamento da rua e incomodado a vizinhança durante a madrugada. A denúncia foi feita pelo internauta Luiz Antônio Intrieri, de 68 anos, por meio da plataforma colaborativa VC no G1. De acordo com ele, os veículos usam a rua para acessar a área de carga e descarga de um atacadista que fica no bairro. O problema, porém, piorou nos últimos dois anos. O fluxo de caminhões de grande porte dobrou, e com ele, vários buracos se formaram na via. “Este [foto] é um dos vários buracos que têm aqui. Os caminhões são enormes, parecem transatlânticos. Além dos buracos, algumas casas, inclusive, estão começando a trincar por conta deles”, explica ele. Além dos problemas estruturais, outra situação perturba os moradores: o barulho. “Eles ligam os caminhões de madrugada, aceleram, acionam a ré com sirene de alerta. É um transtorno”, conta o morador, que relata que várias reclamações já foram feitas junto à prefeitura. “Só colocaram cavaletes em frente aos buracos, e dizem que não adianta várias reclamações, que um protocolo basta. A sensação é de impotência, você reclama e ninguém está nem aí. Ultimamente, tem sido assim, nenhuma reclamação é atendida. Virou padrão da prefeitura”, desabafa. Em nota, a Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Trânsito e Transportes (Setrans), informou que é proibido o tráfego de caminhões acima de dois eixos na Rua Doutor Emílio Carlos, e que na via há sinalização informando a medida. A administração reiterou que intensificará a fiscalização no local, e que o motorista flagrado descumprindo a determinação será multado de acordo com a legislação vigente. Já sobre os buracos na via, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas afirmou que a rua citada está incluída no cronograma de manutenções, mas não deu prazo para que o procedimento seja efetuado.

Postagem original. Data original: 27/03/2018

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Entrar






Cadastre-se
Esqueceu sua senha?

Cadastre-se