• Responda à pergunta do dia e concorra a prêmios - Clique Aqui

Para concorrer ao Senado, Dilma transfere domicílio eleitoral para Minas Gerais e pode enfrentar Aécio de novo

A ex-presidente Dilma Rousseff transferiu seu domicílio eleitoral para Minas Gerais às 11h30 desta sexta-feira (6) no Tribunal Regional Eleitoral, em Belo Horizonte.
A presença do governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), estava prevista para  acompanhá-la e militantes petistas preparavam uma mobilização para receber a ex-presidente.
Conforme adiantou a Folha de S.Paulo na quinta (5), Dilma vai concorrer a uma vaga no Senado por Minas Gerais e, segundo a legislação eleitoral, deve definir seu domicílio até seis meses antes da eleição.
Atualmente, o domicílio eleitoral da petista está no Rio Grande do Sul, terra de seu ex-marido e onde se radicou após ser presa pela ditadura militar. Dilma, porém, é nascida em Belo Horizonte.
A candidatura da ex-presidente ao Senado foi costurada com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em meio à turbulência provocada pela expedição do mandado de prisão do petista.
Dilma, assim como diversas lideranças petistas, se reuniu com Lula no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), na noite desta quinta.
Se a candidatura do senador Aécio Neves (PSDB-MG) à reeleição se confirmar, o tucano e a petista voltarão a se enfrentar nas urnas, como na eleição presidencial em 2014.

Postagem original. Data original: 06-04-2018

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Entrar






Cadastre-se
Esqueceu sua senha?

Cadastre-se