• Responda à pergunta do dia e concorra a prêmios - Clique Aqui

Perseguição a carro roubado termina com colisão e um morto em Cubatão

Perseguição policial a um carro roubado terminou com uma morte e na captura de dois acusados do roubo do veículo, em Cubatão. Três armas de fogo e munições foram apreendidas. O trio ocupava um Nissan Versa prata que colidiu em um poste na Avenida Tancredo de Almeida Neves, às 20h30 de domingo (1º), ao trafegar a cerca de 120 km/h. André Felipe Silva Santos, de 21 anos, é a vítima fatal. Com o impacto da batida, ele foi arremessado para o canteiro central da avenida, falecendo no local. Rafael Timóteo de Lima Silva, de 19 anos, também foi projetado para fora do carro, mas sobreviveu. Davi Cavalcante da Silva, de 18 anos, foi resgatado vivo no interior do Versa. Ao lado dos dois que foram arremessados ao canteiro central da avenida foram apreendidos um revólver calibre 32 e uma arma de fogo artesanal. Ao lado do automóvel, os policiais militares apreenderam um revólver 38 carregado com seis balas. Dentro do veículo, onde estava Davi, foram recolhidas mais 16 munições.

Segundo os PMs, eles receberam informações de que três homens abasteciam um Versa roubado em um posto na Avenida Nossa Senhora de Fátima, no Casqueiro. Quando os policiais chegaram ao posto, o trio já havia saído. Durante patrulhamento pela área, o Nissan foi visto e quem o dirigia acelerou ao perceber a viatura. Não foi possível apurar qual dos três acusados guiava o carro, mas o motorista trafegou por diversas vias passando por cruzamentos e lombadas em alta velocidade. Mais policiais em outras viaturas foram acionados para dar apoio e a perseguição terminou com a colisão do Versa no poste. O carro havia sido roubado na semana passada. O assalto aconteceu em uma loja de escapamentos, em Cubatão, e as suspeitas são as de que ele foi cometido por Davi, Rafael e André. Um quarto ladrão participou do delito. A quadrilha invadiu o estabelecimento armada de fuzil e revólver. Feridos com a batida do carro, Davi e Rafael foram levados ao Pronto-Socorro Central de Cubatão. O delegado Raphael Barazal Teixeira autuou Davi e Rafael em flagrante. Procurado da Justiça, André havia fugido do Centro de Progressão Penitenciária de Mongaguá no dia 17 de maio.

Postagem original. Data: 03-07-2018

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Entrar






Cadastre-se
Esqueceu sua senha?

Cadastre-se