• Responda à pergunta do dia e concorra a prêmios - Clique Aqui

SPU revoga cessão de terreno destinado a estacionamento de caminhões e novo acesso ao Porto em Santos

A SPU disse que a situação do terreno será definida em 30 dias. Em nota, a Codesp disse que vai agendar uma reunião com a SPU para definir as próximas etapas.

A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) revogou a cessão do terreno da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA) para a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), no Porto de Santos. Desta forma, os projetos para a construção de um estacionamento de caminhões e um novo acesso ao cais santista estão sem previsão de sair do papel. A área foi cedida em 2016 pela SPU, órgão responsável pelos imóveis pertencentes ao Governo Federal. O terreno fica na região da Alemoa e serviria para a implantação de uma Área de Apoio Logístico Portuário (AALP). A área de 226,7 mil m² seria utilizada para implantar um estacionamento para caminhões, e para a realização da readequação das linhas férreas em harmonia com o projeto da segunda entrada do Porto de Santos, que contemplaria um viaduto, levando os caminhões que vêm da Via Anchieta até o cais santista. A Codesp teria o prazo de três anos para implantar a área, podendo incluir no imóvel outras benfeitorias e atendimentos aos caminhoneiros, como uma central de fretes. Parte da área também poderia ser usada para atividades auxiliares à operação portuária, como armazenagem de contêineres e operação ferroviária.

Em 2016, na época da cessão do terreno, o diretor de Logística da Codesp, Cleveland Sampaio Lofrano, disse que daria início ao processo de licenciamento ambiental para desenvolver o projeto. Os trabalhos foram iniciados. Porém, a revogação da cessão do terreno foi formalizada no dia 11 de abril deste ano. A decisão foi publicada na última terça-feira (17), no Diário Oficial da União. A SPU disse que a situação do terreno será definida em 30 dias. Em nota, a Codesp disse que vai agendar uma reunião com a SPU para definir as próximas etapas.

Postagem original. Data original: 20-04-2018

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Entrar






Cadastre-se
Esqueceu sua senha?

Cadastre-se