• Responda à pergunta do dia e concorra a prêmios - Clique Aqui

Ubatuba tem primeira morte confirmada por febre amarela

Está confirmado o primeiro caso de febre amarela silvestre em humano no litoral norte do estado de SP. A ocorrência foi registrada na cidade de Ubatuba.
Trata-se de um trabalhador rural, de 41 anos, que começou a passar mal no último domingo (1º) e morreu no dia seguinte, na Santa Casa da cidade.
O homem morava em Sertão do Ubatumirim, que fica ao norte do município, a oito quilômetros de Paraty (RJ), mesma região onde um macaco bugio foi encontrado morto com a doença.
A febre amarela voltou a chamar a atenção no início deste ano, depois de um aumento dos casos em macacos e humanos. O retorno da doença ocorre meses após seu maior surto no Brasil, no primeiro semestre de 2017.
Desde julho do ano passado, o Brasil já registrou 1.131 casos da doença, segundo o Ministério da Saúde.
Todos são casos silvestres, ou seja, de mosquitos que circulam em áreas de mata —e eventualmente podem voar em localidades próximas.
A chegada do vírus ao litoral norte de São Paulo era tida como provável por autoridades e especialistas desde o início do ano, uma vez que já havia registros da doença na costa fluminense e na região de Taubaté, no interior paulista, que fica a 100 km de Ubatuba.  ​

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

Entrar






Cadastre-se
Esqueceu sua senha?

Cadastre-se